sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Lobo Por Lobo - Ryan Graudin

Lobo Por Lobo - Ryan Graudin

Editora: Seguinte
Ano da Edição: 2016
Páginas: 360
Título Original: Wolf by Wolf

Sinopse
O Eixo ganhou a Segunda Guerra Mundial, e a Alemanha e o Japão estão no comando. Para comemorar a Grande Vitória, todo ano eles organizam o Tour do Eixo: uma corrida de motocicletas através das antigas Europa e Ásia. O vencedor, além de fama e dinheiro, ganha um encontro com o recluso Adolf Hitler durante o Baile da Vitória. Yael é uma adolescente que fugiu de um campo de concentração, e os cinco lobos tatuados em seu braço são um lembrete das pessoas queridas que perdeu. Agora ela faz parte da resistência e tem uma missão: ganhar a corrida e matar Hitler. Mas será que Yael terá o sangue frio necessário para permanecer fiel à missão?



Resenha

Este foi o livro da mala de outubro do Turista Literário, que Gabriela tem a assinatura e escreveu sobre aqui. Assim que li a sinopse fiquei intrigada, pois sempre gostei de História e a premissa de que Hitler e o Eixo pudessem ter vencido a Segunda Guerra me pareceu muito interessante. Lógico que carimbei meu passaporte pra Alemanha do pós-guerra e corri pra ler e gostei muito, especialmente tendo o mapa editado pelo Turista Literário em mãos para visualizar tudo melhor.

O livro começa contando a história de Yael e sua família em um campo de concentração. A menina sofreu várias experiências de um médico que queria criar um tipo de soro para tornar as pessoas arianas e como consequência, Yael se torna uma metamorfa e consegue fugir. Anos depois, agora parte da Resistência, Yael é a peça principal do plano para iniciar a revolução. Ela deve usar suas habilidades de transformação física para tomar o lugar de Adele Wolfe, a vencedora do Tour do Eixo no ano anterior, ganhar, chegar perto de Hitler no Baile da Vitória e matá-lo em frente às câmeras.

O desenvolvimento do enredo é muito estimulante. A adrenalina de participar da corrida e ter que lidar com os outros competidores e ainda fingindo ser outra pessoa é contagiante. Yael tinha passado meses observando Adele para poder tomar seu lugar, mas se vê em momentos difíceis quando tem que ter conversas mais íntimas com pessoas que conhecem a verdadeira Adele, como Luka Löwe, que também competiu no ano anterior, e Felix Wolfe, o irmão gêmeo de Adele.

A ambientação em um mundo pós-guerra com Hitler no comando é muito bem feita. Você sente a tensão no ar quando está perto do toque de recolher, você fica sem respirar junto com Yael quando ela encontra alguma patrulha na rua, etc. E a decisão de contar a história de cada um dos cinco lobos que Yael tem tatuados em forma de flashbacks espalhados ao longo do livro foi muito bem elaborada. Desse modo, a personagem principal vai se construindo através de suas lembranças e sentimentos e o leitor vai se conectando cada vez mais com a Resistência e Yael. Sabemos de tudo que Hitler foi capaz de fazer, mas conhecer a história de pessoal de Yael, sua família, seus amigos e, portanto, suas motivações, deixa tudo mais próximo e mais real.

O livro ainda traz de certa forma discussões sobre racismo, antissemitismo e até mesmo sobre o papel das mulheres. Não de forma escancarada, mas os personagens e as situações nos levam a refletir sobre o assunto. E essa reflexão deve mesmo ser feita, pois apesar de esses conceitos não serem a lei e o senso comum na sociedade atualmente, infelizmente eles estão muito longe de serem conceitos ultrapassados. E a nota da autora ao final do livro fala justamente sobre isso e termina com uma mensagem que acho que resume bem essa discussão: “O mundo dentro destas páginas poderia ter sido o nosso. E foi, durante um tempo e em um lugar, então devemos fazer o possível para não esquecer isso”.

“Lobo por Lobo” te prende do início ao fim, seja pela perfeita ambientação, seja pela história incrível e super verossímil, seja pela adrenalina constante. O segundo livro já foi lançado no exterior, mas acho que deve demorar a chegar por aqui, já que esse acabou de ser lançado. O que é um pouco desesperador, porque o final de “Lobo por Lobo” é um cliffhanger, que te deixa louca pra saber o que vai acontecer.

Lobo Por Lobo
  1. Lobo Por Lobo (Wolf by Wolf)
  2. Blood For Blood (ainda sem tradução)
E ainda tem "Iron to Iron", uma novela extra que conta a história do Tour do Eixo do ano anterior, o que a verdadeira Adele  Wolfe venceu, enquanto fingia que era seu irmão gêmeo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário