segunda-feira, 21 de maio de 2018

O Sinal dos Quatro - Sir Arthur Conan Doyle

O Sinal dos Quatro - Sir Arthur Conan Doyle

Editora: Nova Fronteira
Ano da Edição: 2016
Páginas: 110 (de 514 do volume completo com três livros)
Título Original: The Sign of Four

Sinopse
Sherlock Holmes encontrava-se entediado e deprimido quando uma bela jovem chegou com um caso fascinante. Uma vez por ano, a senhorita Mary Morstan recebe pelo correio uma pérola, sem qualquer menção quanto a quem seria o remetente. Quando seu misterioso admirador pede um encontro, Sherlock Holmes e Dr. Watson começam a trabalhar no caso. Uma morte terrível e o desaparecimento de um tesouro levam a uma caçada pelas ruas escuras de Londres e pelas margens do rio Tâmisa. Os personagens deste grande romance de mistério incluem os mal-aventurados gêmeos Sholto e o homem da perna de pau, que povoam cenários na Inglaterra vitoriana – mais sombria do que em qualquer outra história de Sherlock Holmes.



Resenha

segunda-feira, 14 de maio de 2018

Devoção - Patti Smith

Devoção - Patti Smith

Editora: Companhia das Letras
Ano da Edição: 2018
Páginas: 126
Título Original: Devotion

Sinopse
Por que escrevemos? De onde vêm as ideias para uma história? Como funcionam as engrenagens da inspiração e da literatura? Neste livro delicado, Patti Smith, a lendária autora de "Horses" - um dos discos mais influentes de todos os tempos - e do aclamado livro de memórias "Só Garotos", oferece um relato íntimo de seu processo criativo.



Resenha

segunda-feira, 7 de maio de 2018

Só Garotos - Patti Smith

Só Garotos - Patti Smith

Editora: Companhia das Letras para TAG
Ano da Edição: 2018
Páginas: 312
Título Original: Just Kids

Sinopse
Antes de se tornar famosa, a cantora e poeta Patti Smith dividiu a cama, a comida e o sonho de ser artista com o fotógrafo Robert Mapplethorpe, a quem prometeu escrever esse livro, pouco antes que ele morresse. Nesta autobiografia afetiva, cativante e nada convencional, Patti reúne fotos, bilhetes e histórias extraordinárias para narrar os anos de aprendizado do casal que atravessou altos e baixos na efervescente Nova York dos anos 1960 e 1970 e se tornou ícone de muitas gerações.



Resenha

segunda-feira, 30 de abril de 2018

Moby Dick (ou A Baleia) - Herman Melville

Moby Dick - Herman Melville

Editora: Cosac & Naify
Ano da Edição: 2008
Páginas: 656
Título Original: Moby Dick (or The Whale)

Sinopse
Versão definitiva da obra-prima Moby Dick, ou A Baleia, considerado um dos maiores romances norte-americanos. O livro traz o relato de um marinheiro letrado, Ishmael, sobre a última viagem de um navio baleeiro de Nantucket, o Pequod, que parte da costa leste dos Estados Unidos - com sua tripulação multiétnica - rumo ao Pacífico Sul, onde encontra o imenso cachalote branco que, no passado, arrancara a perna do vingativo capitão Ahab. Ao longo de 135 capítulos, Herman Melville (1819-1891) explora com brilhantismo e ironia os mais variados gêneros literários: da narrativa de viagens ao teatro shakespeareano, do sermão à poesia popular, passando pela descrição científica e a meditação filosófica. 

A nova tradução se vale da longa experiência acadêmica da tradutora Irene Hirsch com a obra de Melville e de um minucioso trabalho de pesquisa de vocabulário náutico por parte do tradutor Alexandre Barbosa de Souza. 
O volume inclui ainda fortuna crítica com três textos fundamentais para a compreensão da obra: uma resenha de Evert Duyckinck, publicada em 1851; o clássico ensaio de D. H. Lawrence, incluído em Studies in Classic American Literature, de 1923, e um trecho do célebre estudo de F. O. Mathiessen, American Renaissance, de 1941. Além disso, a edição traz apêndice com Glossário Náutico Ilustrado e bibliografia.


Resenha

segunda-feira, 23 de abril de 2018

A Boa Filha - Karin Slaughter

A Boa Filha - Karin Slaughter 

Editora: HarperCollins Brasil
Ano da Edição: 2018
Páginas: 480
Título Original: The Good Daughter

Sinopse
Um crime brutal devasta a família Quinn. Os suspeitos são os irmãos Culpepper, conhecidos na cidade como reincidentes na delinquência. Desintegrado, o clã dos Quinn tenta superar o trauma à sua maneira, até que, 28 anos depois, outro incidente violento trará à tona tudo aquilo que ficou guardado.



Resenha