sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

The Beauty Of Darkness - Mary E. Pearson

The Beauty Of Darkness - Mary E. Pearson

Editora: Henry Holt and Co.
Ano da Edição: 2016
Páginas: 679
Título Original: The Beauty Of Darkness

Sinopse
Lia and Rafe have escaped Venda and the path before them is winding and dangerous - what will happen now? This third and final book in The Remnant Chronicles is not to be missed. Bestselling author Mary E. Pearson's combination of intrigue, suspense, romance and action make this a riveting page turner for teens.



Resenha
Esta resenha pode conter spoilers para quem não leu os livros anteriores da série! Se você não leu The Kiss Of Deception e/ou The Heart Of Betrayal ainda, aconselho ler somente as resenhas deles aqui e aqui, respectivamente. Se já leu os dois, pode continuar! Ahh e a sinopse tá em inglês, porque o livro ainda não foi lançado no Brasil, li em inglês.

Preciso começar dizendo que depois daquele final de The Heart Of Betrayal eu simplesmente não ia conseguir esperar o lançamento do livro em português pela Darkside e corri pra ler logo em inglês. E adorei muito! Não foi o final que eu tinha imaginado, mas foi o final perfeito pra história.

Apesar de o livro ser longo, ele não se torna cansativo, entediante, ou repetitivo. Tudo que está ali precisa estar. A série vem sendo, desde o primeiro livro, bem original, tanto na premissa, como no desenvolvimento da história e dos personagens. Você fica sempre ansioso pelo que está por vir e a progressão do roteiro é bem fluida até o final, que como disse, é o final para o qual a história de desenvolveu e o único que faria sentido depois de tudo que aconteceu.

Preciso também dizer que fui ler com um medinho de me decepcionar, pois vi umas resenhas de uns gringos que não gostaram. Mas isso não aconteceu! O livro é ótimo e achei o final perfeito. Fiquei vidrada na história e devorei as mais de 600 páginas o mais rápido que pude. Penso que o que decepcionou certos gringos foi não ter percebido antes que a história é muito mais do que um romance adolescente, muito mais que um triângulo amoroso. Não que o romance não seja importante e não que o romance não tenha um final lindo, mas sim porque o principal é a trama política entre os reinos, a profecia dos textos Antigos, o dom e o papel de Lia nisso tudo, uma protagonista determinada, impávida e decidida. O amor de Lia é sim parte importante do livro, mas não só o amor romântico, como também o amor pelo seu povo em Morrighan e em Venda.

A primeira parte do livro é o caminho percorrido por Lia, Rafe e seus companheiros entre a prisão em Venda e a segurança de Dalbreck. Kaden e Griz se juntam ao grupo, mesmo sob fortes desconfianças, mas ao longo do livro todos os personagens vão percebendo que mesmo sendo de origens diferentes e tendo crenças e princípios distintos, estão em busca de um mesmo futuro: um continente em paz, sem a ideologia violenta do Komizar.

Nessa primeira parte, Rafe se mostra um homem apaixonado, mas um tanto superprotetor e até machista. Eu estava cada vez ficando com mais abuso dele, mas graças a Deus ele se redime maravilhosamente. E Lia discute e defende sua posição de querer ir a Morrighan imediatamente avisar sobre os planos do Komizar, mas acaba sempre cedendo um pouco e dizendo que realmente dá pra esperar mais, tudo por amor a Rafe. E eu estava ficando um pouco decepcionada, pensando que a Lia forte e que não deixa ninguém dizer a ela o que fazer estava morrendo. Mas então, notícias chegam e a nossa Lia maravilhosa acorda, decide ir pra Morrighan alertar a todos e ajudar a derrotar o Komizar! E a partir daí ela só cresce, como pessoa, como líder, como mulher, como Jezelia.

Bom, não posso contar muito, mas a segunda parte é Lia indo e chegando em Morrighan para expor os traidores de seu reino, alertando sobre o Komizar e arquitetando os planos para a iminente guerra. E tudo isso acontece de forma incrível, com uma ajudinha do bom senso e amor devoto de Rafe, do apoio dos vendanos fieis a ela, como o sempre maravilhoso e que sempre acredita na força de Lia, Kaden, e das nossas queridas Pauline, Gwyneth e Berdi que reaparecem. Nesse meio tempo muita coisa acontece, Kaden descobre mais sobre o destino do pai dele e tem que lidar com as desconfianças de todos por ser o Assassino de Venda, vemos laços sendo criados e fortalecidos entre vários personagens, etc.

E a parte final do livro é o clímax da guerra e o desfecho. Nesse livro mais segredos são revelados, mais reviravoltas acontecem e tudo é explicado satisfatoriamente. Nada decepciona! Achei tudo simplesmente incrível. Já estou recomendando essa série loucamente a todos. E já me sinto órfã dessa trilogia que foi promovida à minha lista de séries de fantasias preferidas. E olhe que sou muito criteriosa para deixar algum livro entrar nessa lista ao lado de Harry Potter, Fronteiras do Universo, etc.

Crônicas de Amor e Ódio
  1. The Kiss Of Deception 
  2. The Heart Of Betrayal 
  3. The Beauty Of Darkness 
E ainda tem "Morrighan", uma novela lançada depois que se passa muitos anos antes dessa trilogia e conta a história de Morrighan, a menina que vai fundar e dar nome ao reino em que Lia vive.



Nenhum comentário:

Postar um comentário