quinta-feira, 14 de junho de 2012

Orgias - Luís Fernando Verissimo


Orgias - Luís Fernando Verissimo

Editora: Objetiva
Ano da Edição: -2005
Páginas: 136

Sinopse

Se civilização é autocontrole, orgia é a festa ao contrário, a festa do excesso, a euforia sem limite protocolar. Bem, existem orgias e orgias - e é desses vários patamares de prazer e tentações que Luis Fernando Verissimo fala neste livro.

Atire a primeira pedra - quem nunca passou dos limites, bebeu mais do que podia, caiu na farra. Mesmo que apenas na imaginação lúbrica, orgias se multiplicam. As festas de fim de ano que funcionam como rituais apaziguadores, em que prometemos mudar, de vida, de comportamento - mas enquanto isso vamos tomas champanhe e dançar?



Resenha

Eu gosto muito das crônicas de Verissimo, alguns dos livros dele trazem mais aquelas que são bem divertidas e outros são daquelas que fazem você refletir um pouco. Orgias é do primeiro tipo, é um livro bem divertido que dá para ler rapidinho.

"Alma, vendo" foi uma das melhores crônicas do livro, ela relata a dificuldade de encontrar o diabo para vender sua alma. "Crise" e "Da importância de ser Fabião" também são muito boas. E quem não teve uma festinha de aniversário como a de "Festa de criança"? Até hoje eu tenho pena de mainha, pois ela sempre fazia nossas festas de aniversário em casa e sem ajuda nenhuma.

É claro que há umas crônicas não tão divertidas, mas no geral o livro é muito bom.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário