sexta-feira, 24 de março de 2017

Coraline - Neil Gaiman

Coraline - Neil Gaiman

Editora: HarperCollins
Ano da Edição: 2015
Páginas: 192
Título Original: Coraline

Sinopse
Primeiro livro de Neil Gaiman escrito especialmente para o público juvenil, Coraline é um conto de fadas às avessas que reconhece a subestimada e, por vezes esquecida, maturidade da maioria dos jovens leitores. Nele, Gaiman encara pela primeira vez o desafio de escrever fantasias assustadoras para as crianças e vai além dos tradicionais gigantes padronizados, príncipes encantados, frágeis princesas ou dragões, que habitam esse universo, criando uma personagem com a qual as crianças podem facilmente se identificar. 


Em uma tarde chuvosa, a menina consegue abrir uma porta que sempre estivera trancada na sala de visitas de casa e descobre um caminho para um misterioso apartamento ‘vazio’ no quarto andar do prédio. Para sua surpresa, o apartamento não tem nada de desabitado, e ela fica cara a cara com duas criaturas que afirmam ser seus “outros” pais. Na verdade, aquele parece ser um “outro” mundo mágico atrás da porta. Lá, há brinquedos incríveis e vizinhos que nunca falam seu nome errado. Porém a menina logo percebe que aquele mundo é tão mortal quanto encantador e que terá de usar toda a sua inteligência para derrotar seus adversários.


Resenha

segunda-feira, 20 de março de 2017

Auto da Compadecida - Ariano Suassuna

Auto da Compadecida - Ariano Suassuna

Editora: Nova Fronteira
Ano da Edição: 2014
Páginas: 192
Sinopse
O "Auto da Compadecida" consegue o equilíbrio perfeito entre a tradição popular e a elaboração literária ao recriar para o teatro episódios registrados na tradição popular do cordel. É uma peça teatral em forma de Auto em 3 atos, escrita em 1955 pelo autor paraibano Ariano Suassuna. Sendo um drama do Nordeste brasileiro, mescla elementos como a tradição da literatura de cordel, a comédia, traços do barroco católico brasileiro e, ainda, cultura popular e tradições religiosas. Apresenta na escrita traços de linguagem oral [demonstrando, na fala do personagem, sua classe social] e apresenta também regionalismos relativos ao Nordeste. Esta peça projetou Suassuna em todo o país e foi considerada, em 1962, por Sábato Magaldi "o texto mais popular do moderno teatro brasileiro".



Resenha

sexta-feira, 17 de março de 2017

Blood For Blood - Ryan Graudin

Blood For Blood - Ryan Graudin

Editora: Little, Brown Books for Young Readers
Ano da Edição: 2016
Páginas: 496
Título Original: Blood For Blood

Sinopse
There would be blood. Blood for blood. Blood to pay. An entire world of it. 


For the resistance in the Third Reich, the war may be over, but the fight has just begun. Death camp survivor Yael, who has the power to skinshift, is on the run: the world has just seen her shoot and kill Hitler. But the truth of what happened is far more complicated, and its consequences are deadly. Yael and her unlikely comrades dive into enemy territory to try to turn the tide against Hitler’s army, and there is no alternative but to see their mission through to the end, whatever the cost. But in the midst of the chaos, Yael’s past and future collide when she comes face to face with a ghost from her past, and a spark with a fellow rider begins to grow into something more. Dark secrets reveal dark truths and one question hangs over them all—how far can you go for the ones you love? This gripping, thought-provoking sequel to Wolf by Wolf will grab readers by the throat with its cinematic writing, fast-paced action, and relentless twists.


Resenha

Se você não leu Lobo por Lobo, esta resenha pode conter spoilers. É melhor ler só a resenha dele aqui. Mas se já leu, pode continuar! Quem leu a resenha de Lobo por Lobo aqui no blog viu que eu amei o primeiro livro e fiquei louca com o cliffhanger do final. Então... Tentei, mas não aguentei esperar pelo lançamento em português da continuação! Por isso a sinopse está em inglês. 

segunda-feira, 13 de março de 2017

A Ovelha Negra e Outras Fábulas - Augusto Monterroso

A Ovelha Negra e Outras Fábulas - Augusto Monterroso

Editora: Cosac Naify
Ano da Edição: 2014
Páginas: 96
Título Original: La Oveja Negra y Demás Fábulas

Sinopse
Augusto Monterroso nasceu em Honduras, foi criado na Guatemala, mas escolheu o México para viver. Conhecido pela inventividade de seus escritos em forma breve, em A ovelha negra e outras fábulas o autor reinventa o consagrado gênero, subvertendo completamente sua forma clássica. Cheias de ironia e de uma simplicidade enganosa, as fábulas de Monterroso transitam pelo universo adulto das relações humanas, da literatura e da política. Os quarenta textos que compõem o livro contam com a tradução de Millôr Fernandes e com projeto gráfico colorido.



Resenha

sexta-feira, 10 de março de 2017

Morrighan - Mary E. Pearson

Morrighan - Mary E. Pearson

Editora: Henry Holt and Co.
Ano da Edição: 2016
Páginas: 82
Título Original: Morrighan

Sinopse
Before borders were drawn, before treaties were signed, before wars were waged anew, before the great kingdoms of the Remnant were even born and the world of old was only a hazy slate of memory told in story and legend, a girl and her family fought to survive. And that girl’s name was Morrighan. In this prequel novella to the Remnant Chronicles, a girl and a boy from enemy camps meet, fall in love--and set history in motion.



Resenha

segunda-feira, 6 de março de 2017

Aconteceu Naquele Verão - Vários Autores

Aconteceu Naquele Verão: Doze histórias de Amor - Vários Autores

Editora: Intrínseca
Ano da Edição: 2017
Páginas: 384
Título Original: Summer Days and Summer Nights: Twelve Love Stories

Sinopse
Doze histórias apaixonantes de doze grandes escritores, entre eles Cassandra Clare, Veronica Roth e Stephanie Perkins.
Bem-vindos à estação mais ensolarada e apaixonante de todas! No verão, somos todos iguais, diz um dos personagens do conto “Mil maneiras de tudo isso dar errado”. No Brasil, nos Estados Unidos ou em qualquer lugar do globo, uma coisa é certa: no verão, nossos corações ficam mais leves, mais corajosos, impetuosos e confiantes — talvez por isso esta seja a estação perfeita para se apaixonar... e Aconteceu naquele verão é o livro ideal para quem adora histórias de amor. Mas essa coletânea tem algo ainda mais especial. Algumas histórias têm uma pitada de estranheza, de mistério, um toque sobrenatural. Em “Cabeça, escamas, língua, calda”, a lagoa de uma cidadezinha é morada de um monstro marinho que só uma menina vê. No intrigante “Inércia”, dois grandes amigos há muito afastados vão se encontrar num quarto de hospital para uma última visita. No belo “O mapa das pequenas coisas perfeitas” é sempre dia 4 de agosto. Presos num loop temporal, dois jovens vão comprovar do que a força do amor é capaz. A lição é simples: o amor não escolhe lugar nem hora para surgir. Coloque seus óculos escuros e abra sua cadeira de praia, porque neste verão você terá doze motivos para suspirar e se apaixonar.



Resenha

sexta-feira, 3 de março de 2017

E Viveram Felizes Para Sempre - Julia Quinn

E Viveram Felizes Para Sempre - Julia Quinn

Editora: Arqueiro
Ano da Edição: 2016
Páginas: 256
Título Original: name

Sinopse
Alguns finais são apenas o começo... Era uma vez uma família criada por uma autora de romances históricos... Mas não era uma família comum. Oito irmãos e irmãs, seus maridos e esposas, filhos e filhas, sobrinhas e sobrinhos, além de uma irresistível matriarca. Esses são os Bridgertons: mais que uma família, uma força da natureza. Ao longo de oito romances que foram sucesso de vendas, os leitores riram, choraram e se apaixonaram. Só que eles queriam mais. Então começaram a questionar a autora: O que aconteceu depois? Simon leu as cartas deixadas pelo pai? Francesca e Michael tiveram filhos? O que foi feito dos terríveis enteados de Eloise? Hyacinth finalmente encontrou os diamantes? A última página de um livro realmente tem que ser o fim da história? Julia Quinn acha que não e, em E viveram felizes para sempre, oferece oito epílogos extras, todos sensuais, engraçados e reconfortantes, e responde aos anseios dos leitores trazendo, ainda, um drama inesperado, um final feliz para um personagem muito merecedor e um delicioso conto no qual ficamos conhecendo melhor ninguém menos que a sábia e espirituosa matriarca Violet Bridgerton. Veja como tudo começou e descubra o que veio depois do fim desta série que encantou leitores no mundo inteiro.



Resenha